OBJETIVO

Divulgar as histórias do livro que escrevi sobre pessoas que se conheceram virtualmente, que encontraram-se ou não, mas que tiveram um envolvimento virtual. Também publico textos de outros autores, sempre citando a fonte, fatos curiosos que acontecem no mundo virtual, mas o objetivo principal deste blog é ser lido pelo maior número possível de internautas. Se você teve ou tem um envolvimento assim e quer vê-lo publicado, entre em contato por e-mail.

 

                                     

 

Traidores online: eles são casados e buscam amantes pela internet

Homens e mulheres usam sites especializados para engatar casos com desconhecidos, sem deixar marcas de batom no colarinho.

Não foi uma atração incontrolável nem fruto de uma bebedeira. Não foi com um colega de trabalho nem com um velho amigo. Diferente dos clichês de infidelidade, Ana planejou trair seu marido mesmo antes de conhecer um amante. O objetivo era sair da rotina e sentir novamente o frio na barriga que o casamento de sete anos não provocava mais. Em vez de paquerar em um bar ou balada, ela buscou a coragem que precisava na internet. E sem revelar a identidade ou o rosto, fez um perfil em um site voltado para infidelidade, onde dizia: “sou romântica”.

Mesmo sem mencionar sexo entre suas intenções, Ana, que tem 37 anos, foi rapidamente acionada por um pretendente. Algumas mensagens e um jantar separavam o mundo virtual de um caso real com um homem nove anos mais velho que ela e também casado. “Nunca tinha traído, tenho muita preocupação com minha imagem”, conta. Eles se encontram pelo menos uma vez a cada 15 dias e moram em cidades diferentes, a 100km de distância. Para manter a proximidade e eliminar rastros, conversam diariamente pela internet e pelo site: sem salvar históricos nem usar sobrenomes. “Ele tem o mesmo receio que eu quanto ao casamento, me sinto mais protegida assim”, explica.
A busca de amantes ou casos pela internet não é uma ideia nova, mas está ganhando formas mais elaboradas. Como Ana, internautas casados estão descobrindo sites específicos para traição, que reúnem pessoas comprometidas em busca de uma relação paralela, seja uma conversa virtual ou um encontro presencial. Assim funcionam o Second Love, o The Ohhtel e o Ashley Madison. Recém-chegados ao Brasil, eles já anunciam números altos de usuários e apostam no perfil do brasileiro para o serviço, principalmente nas grandes cidades. “O Brasil é o país mais infiel da América Latina. Só em São Paulo tivemos o lançamento de maior sucesso em capitais, comparando inclusive a Londres e Nova York, com mais de 53 mil visitas nos primeiros dez dias”, avalia a diretora do Ashley Madison Brasil, Jas Kaur. O concorrente, The Ohhtel, diz já ter 260 mil usuários desde que foi lançado, em julho, sendo 67 mil deles de São Paulo. Apesar de o número de cadastrados não refletir necessariamente potenciais traidores – muitos são apenas curiosos –, ainda assim o volume é expressivo para o período.

Você acha que existe traição virtual? 

Conceitos são ótimos quando estão a serviço de esclarecer uma situação ou dúvida em particular. Entretanto, nem sempre eles dão conta deste esclarecimento. Muitas vezes, devido à complexidade humana, tanto de sentimentos quanto de valores, os conceitos podem ganhar interpretações absolutamente particulares e, daí, servirem mais para confundir e atrapalhar os envolvidos em determinada questão.
Penso que um exemplo perfeito para ilustrar o que estou falando seja a palavra ou o conceito que temos de “traição”. Segundo o dicionário, o significado do termo é bastante amplo, mas no que tange aos relacionamentos – que é o nosso contexto – encontrei que significa “deslealdade” e “infidelidade no amor”. A mim parece bem pouco esclarecedor. 
O que eu entendo por deslealdade e infidelidade no amor é, certamente, (muito ou pouco, não importa) diferente do que entende a maioria das quase sete bilhões de pessoas do planeta. Sim, porque embora pareçam termos óbvios, não são! Por exemplo, uma pessoa pode achar que ter fantasias sexuais com outra não é traição, mas você pode achar que é. Você pode acreditar que manter um perfil virtual ativo mesmo já estando namorando é traição, e outra pessoa pode achar que não. São nuances do mesmo termo, entende? 
Pois muito bem, vamos à questão: Existe traição virtual? E o que seria isso: Manter relações afetivas pela internet ou por telefone? Fazer sexo por meio de câmeras e chats? Amizades com muita intimidade também pode se encaixar neste conceito? Posso imaginar as mais diversas e até complementares respostas. 
Ou seja, definitivamente, a melhor resposta é a sua, porque revela parte de quem você é, do que pensa, sente e faz. E é isso o que importa na sua história! Se você considera que é traição, então é traição, pelo menos para você. Até aí, um direito indiscutível seu! No entanto, o problema começa quando a pessoa que está com você tem uma opinião diferente! 
Neste caso, penso que a despeito dos conceitos e seus significados, a situação pede uma conversa. Quando duas pessoas compartilham vidas, corpos e até um teto, as diferenças precisam ser diminuídas tanto quanto possível, à medida que um respeita a opinião do outro e ambos se mantêm dispostos a um consenso em nome da felicidade que desejam imprimir em sua história! 
A melhor maneira de descobrir se quem é a favor de relações virtuais mesmo mantendo outra real é questionar se ela não se importaria caso seu par real fizesse o mesmo. Aliás, nenhuma prática é mais eficaz do que se colocar no lugar do outro, tentar avaliar o que ele está sentindo e como você se sentiria na mesma situação. 
A impressão que tenho, infelizmente, é que quanto mais uma pessoa dá a si mesma o direito de ter atitudes duvidosas e que abrem brechas para desentendimentos, mais ela também encontra maneiras de diminuir o outro. E daí é incoerência demais para dar certo! 
Resumindo, se você está se sentindo traído por uma relação virtual mantida paralelamente por quem você ama, assuma seus sentimentos e seja sincero. Fale o que pensa e respeite seus limites. Tanto quanto possível, não transforme sua mágoa em raiva, senão restarão apenas acusações que não levam a nada. Quanto mais íntegro e honesto consigo mesmo você for, mais conseguirá se dar conta do que quer, com quem quer e como quer!

Este artigo foi escrito por:Dra. Rosana Braga



:: Volnei às 19h13

* * **


 

 

Viva o seu amor virtual, mas viva-o com cautela.

 

TEXTOS ENCONTRADOS NA WEB

Por e-mail sempre solicito autorização para publicar. Às vezes não obtenho resposta, sendo assim, se você encontrar um texto seu aqui e não quiser que eu mantenha, entre em contato que retiro.

AMORES VIRTUAIS

Amores virtuais não são mais moda, não são invenções e estão aí já desde muito tempo e as pessoas estão cada vez mais mergulhadas neste mundo mas poucos admitem sentirem qualquer espécie de paixão virtual.

Ao contrário do mundo real, os amores virtuais muitas vezes são mais intensos e levam à muito mais experiências interpessoais do que o comum pois, no mundo virtual, não temos medo de nos expor e de falar sobre nossas fraquesas e desejos mais íntimos. No mundo virtual podemos falar abertamente sobre aquelas fantasias sexuais mais calientes e, muitas vezes, até realiza-las virtualmente. Exite na Internet alguns grupos de pessoas que se propõe exatamente à isso, oferecendo suas fantasias sexuais virtuais e participando das fantasias sexuais virtuais de outras pessoas e/ou casais.

Os benefícios de um amor virtual são imensos e o principal deles é o profundo conhecimento do parceiro pois a maior parte do tempo os parceiros estão conversando e e se conhecendo sem pudores.

Como os relacionamentos virtuais geralmente são bastante intensos, geralmente os envolvidos entram de cabeça e leval a coisa realmente muito à sério. Existem casamentos que começaram no mundo virtual e se tornaram real com o passar do tempo e hoje o casal mora junto em uma cidade diferente da que moravam antes.

Os perigos dos amores virtuais
Como em qualquer relacionamento, real ou virtual, o principal perigo de um amor virtual é o envolvimento com um desconhecido mal intencionado. Os perigos são diversos e não faltam histórias e notícias que comprovam os malefícios de um falso relacionamento. Sim, digo falso relacionamento pois no mundo virtual há sempre muito espaço para que as pessoas criem fantasias delas próprias e acabem convencendo outras pessoas de que aquela fantasia é real.

Como evitar os perigos
Em primeiro lugar, um relacionamento virtual deve ser tratado como um relacionamento na vida real onde as coisas acontecem devagar e sem afobação de nenhuma das partes. Conhecer o parceiro é fundamental para que tudo dê certo. Outra dica muito interessante é não manter o relacionamento virtual totalmente em segredo, conte sobre este relacionamento para amigos e/ou parentes e deixe-os a par de tudo que possa ser relevante para a sua segurança como: contatos do seu(sua) namorado(a) virtual, como o(a) conheceu e de onde ele(a). Converse também sobre as atitudes de seu parceiro para os amigos mais íntimos pois quando estamos apaixonados, tendemos a relevar certas atitudes que podem ser bastante duvidosas para as pessoas que estão de fora e, certamente, essas pessoas terão condições de analizar friamente sem se envolver emocionalmente com a situação.

O primeiro encontro real também é bastante complicado, pois envolve uma série de riscos caso você esteja prestes à cair em uma armadilha. As dicas são as mesmas de sempre como: nunca marcar o primeiro encontro em local de difícil acesso ou de pouco movimento e avisar aos amigos e parentes sobre onde está indo e com qual propósito. Se possível, levar um amigo ou casal de amigos nesse primeiro encontro. 



:: Volnei às 19h07

* * **


 

 

ENVOLVIMENTOS VIRTUAIS - HISTÓRIAS  REAIS

Aqui,  publico as histórias que os amigos virtuais me enviam.

EMOTICONS

CILADAS DA NET

Essa eu tenho que compartilhar com vocês, até porque, espero que não caiam como eu caí, ou que pelo menos fiquem precavidas para as ciladas da vida! rs
Estava eu, linda e bela,em casa, sem eira nem beira.
Saracutiando aqui e acolá! Saindo muito com amigas, bebendo toda noite, dançando e nada de um novo namorado.Até que tentei uns ficantes-como diz minha filha, mas nada de impactar, nada de dar liga-como se diz hoje em dia!rs

Numa dessas noites de "fazer nada"e ficar fuçando no computador, comecei a papear com um fulano interessante, de papo interessante, idéias mirabolantes e uma fantasia pra lá de criativa, confesso!Falamos de viagens, sonhos, desejos, idade, filhos, independência, atitude, humor, habilidades, defeitos, virtudes e muitas,"muuuuuuiiiiiitas" outras coisas interessantes!...rs
"Tá" bom, falamos de sexo,sim,e daí?Na hora que você está á frente tela do computador é fascinante a segurança que se tem para falar sobre certos assuntos que aindahoje são tabus.E falamos com uma propriedade que nos surpreende não é?Pois é!...Aí é que acho que mora o perigo. Lá pela décima vez que nos conectamos via internet, claro!rs, falamos de sexo com um domínio do assunto, que nem eu sei se domino tanto assim!(rs)O cara era tão dedutor que me deixou pra lá de curiosa!É óbvio que trocamos fotos e ele não era assim um galã, mas era bonitão e tinha mais de 30 anos.Charmoso tantona foto como no papo escrito.Tá eu sei que ja tem como falar por Skype etc. e tal, mas não quis arriscar.Vai que ele saca alguma coisa e eu não saberia o que fazer.Melhor não né!(rs)  O fato é que o inevitável aconteceu. 
Marcamos lugar e hora do encontro em carne e osso..."Que meda"!Era uma mistura de mega curiosidade e frustração antecipada.  Porque pensei:e se não for tudo isso?Bem, não é que ele foi!Estava lá na hora marcada, cravadíssima no relógio!Gostei!Beijinhos no rosto,um lugar ali por perto, uns drinks, a mão dele sobre a minha, um afago aqui e outro ali e o últimato:"Pra onde Vamos?"Eu fiquei atônita e respondi:"Já estamos!"Ele: "Podemos ir para um lugar onde fiquemos só nós dois".Epa,epa, epa!...Praêêê!..."Já estamos só nós dois.Os vizinhos de mesa não me importam. Até agora só você me importava, mas quer saber?Agora nem você me interessa mais!" E foi assim, que levantei esaí certa de que não queria DAR mais atenção para aquela situação"(rs)  Pelo amor de Deus!...O cara só tinha me visto por foto, chegou e ja queria ir para os finalmentes ou os entremeios/!... 

Devagar com o andor, meu filho!Sou moderna, mas minha vida não é baderna não!

E outra, valorizo o que guardo com tanto carinho, é preciso conquistar para DAR a abertura do caminho, não é assim não tão rapidinho! (rs)

Fiquem ligadas que, na maioria dos casos, eles só querem aquilo!Ele nunca mais se conectou comigo!
Pode ser que haja um ou outro afim de afagar um pouco mais antes do depois,

 mas uma coisa é fato:eles estarão sempre pensando no depois

 e nessa ocasião eu estava no depois para um pouco depois

e ele tinha pressa demais!Como dizia minha "vó":

" Quem tem pressa come cru!" Ou sei lá!.

Fonte : revista Perto de Você -Leste
texto:Magali F. Soares



:: Volnei às 16h00

* * **


 

 

Relacionamentos x Redes Sociais


As redes sociais tornaram-se o pesadelo da maioria dos casais hoje em dia. Motivo de brigas e até términos de muitas relações, orkut, facebook, twitter e outros seriam redes sociais para solteiros? Ou o covil do diabinho da desconfiança e traição?

Manter um relacionamento nunca foi fácil. Com toda essa tecnologia, a coisa só piora. Hoje em dia tornou-se muito mais fácil relacionar-se, conversar, conhecer outra pessoa. Você nem precisa sair de casa, e ainda pode ficar protegido pelo anonimato. Quem nunca pegou um email estranho, um depoimento carinhoso demais ou um reply suspeito nas redes do(a) namorado(a)? Muitas vezes a maldade está nos olhos de quem vê, e outras está mesmo nos dedos de quem digita. Têm muita gente invejosa por aí fazendo questão de estragar relacionamentos pegando no calcanhar de aquiles de cada um: a falta de confiança na vida virtual do seu parceiro. E claro, tem uma boa porcentagem que realmente é sem vergonha.

O caso é que a internet facilita (e muito) a traição de confiança: iniciar uma conversa com segundas intenções é questão de segundos. Vai depender da vontade da pessoa comprometida de querer arriscar o seu relacionamento. Quando um não quer, dois não clicam!

Claro, a coisa piora se um dos dois não é usuário (de internet, não de drogas ok?). Fica ainda mais difícil, por exemplo, um cara ‘comum’ entender a necessidade de uma blogueira de estar conectada boa parte do tempo, o que pode gerar MUITOS conflitos.

(Não sei a autoria da tirinha)

As redes sociais são o motivo de inquietude de qualquer pessoa minimamente ciumenta.

Mulheres são assediadas. Homens são assediados. Internet é terra sem lei. Cabe à você confiar ou não na pessoa que está ao seu lado. E se acontecer algum tipo de traição por culpa dessas redes, é problema de vocês dois. Resolvam-se no mundo real.

Não exponha sua vida nesse mundo virtual… é pior que ninho de cobras. Algumas pessoas infelizes estão sempre atentas só esperando uma migalha de motivo pra contagiar a sua vida com a infelicidade delas. Minha dica? respeite a privacidade dele(a) acima de tudo. Se você é ciumento(a) , aprenda a se controlar. Nem tudo que você vê é o que você pensa que é. Acalme-se, pense, converse. No mais, viva sua vida real e não a virtual. E se você não confia na pessoa que está com você, então vocês nem deveriam estar juntos, pra começo de conversa.

Fonte blog: http://www.mulherzinhas.com/




:: Volnei às 15h43

* * **


 


Agora se envolvendo
:: Dicas ::



:: Mural ::



:: Apoios ::

Não envolva-se nessa. É furada.
____________________________

Denúncias


:: Link-me ::




:: Som ::

SAMPA CREW
AMOR VIRTUAL
Clique ( > ) para ouvir



:: E-Mail ::
:: Favoritos ::
 
 BLOG - A CONQUISTA
 BLOG - BEIJOS MIL
 BLOG - BUTTERFLYFLYES
 BLOG - DESPRETENSIOSAS
 BLOG - ESPÍRITO REBELDE
 BLOG - FUTEBOL GAUCHO
 BLOG - GATA LEGAL
 BLOG - INSANIDADE TRANSITÓRIA
 BLOG - MOMENTOS DE FELICIDADE
 BLOG - NA PONTA DO LÁPIS
 AMIGOS VIRTUAIS
 CANELA - RS
 CÓDIGO FONTE NET
 COMUNIDADE VIRTUAL
 EFEITOS ESPECIAIS
 EGITO ANTIGO
 EGITO - HISTÓRIA
 EGITO - TEMPLOS
 GAROPABA - SC
 GRAMADO - RS
 GREENPEACE
 IMAGENS GIFS
 ITAIMBÉZINHO - RS
 MAPAS - BRASIL - MUNDO
 MENINA FLOR - ENVIE FLORES
 PAIXÃO NA REDE
 PAMPA SAFARI - GRAVATAÍ
 REINO DOS GIFS
 SCRIPTS PARA SEU BLOG
 TEXTO VIRTUAL - 1
 TEXTO VIRTUAL - 2
 TEXTO VIRTUAL - 3
 TIME - GRÊMIO
 TONY GIFS E JAVAS

 
:: Essenciais ::
 







 
:: Conquista ::
 
Image and video hosting by TinyPic

BLOG DA QUINZENA
BLOGNEWS OUTUBRO - 2006
 
:: Vote ::
Dê uma nota para esse Envolvimento

Indique-me para seus amigos

 
:: Clima no Sul ::


:: Fases da Lua ::

LUA ATUAL
 
:: Envolvidos ::


 
Envolvimento Total


____________________________

DADOS DO ENVOLVIDO
IP
 
:: Frases ::

(°ç°)

"Quando eu era novo e solteiro, os mais
velhos perguntavam quando foi minha
primeira vez. Hoje, velho e casado, os
mais jovens perguntam quando foi
minha última vez."
Anônimo

LIVRO DE FRASES


LEIA-O CLICANDO ABAIXO.
Escrever frase
Ler frases
 
:: Músicas ::

Letras de Música
by letras.mus.br
 
:: Translator ::

Read this page in other language

:: Desaparecidos::

AJUDE A LOCALIZAR

 
:: Blogs envolvidos ::

O Mensageiro das Estrelas
___________________________

___________________________



::Agradecimentos::


Mais Blog



Clique aqui e tenha acesso  ao Site Tony Gifs Javas




:: Layout Por ::

Layout Exclusivo Labellaluna® Web - Direitos Reservados © - 2006